Barulho. Faça menos.

Caso você ainda não saiba, eu sou uma velha ranzinza presa no corpo de uma pequena pós-adolescente. E muitas coisas me irritam, e são coisas bem babacas.

A que mais me irrita é barulho. Eu não tenho palavras que expressem o tanto que eu odeio barulho. Vão alguns exemplos:

- Gente conversando muito alto ao telefone de manhã, no ônibus/metrô. É simplesmente errado.
- Gente conversando muito alto com alguém no ônibus/metrô. Bônus: rindo mais alto ainda. NÃO.
- Gente que canta em voz alta como se esquecesse que tem mais alguém ali. Pelo amor de Deus.
- Gente que provavelmente é alérgica ao silêncio, não pode ver um cômodo vazio que já chega aos berros. Eu até fecho meus olhos.
- Gente que chega gritando no seu ouvido sem a menor necessidade, você chega até a se assustar. NÃOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO.

Eu não sou um exemplo de destreza, porque eu sou bem estabanada. Mas eu me sinto muuuuuuito mal quando atrapalho a paz alheia. Essas pessoas não, elas curtem, amam, e eu fico abismada o_o

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comentários sujeitos à aprovação.

Topo