Pra Comer: Madero Burger & Grill (ou não)

Aloha! Passou o carnaval e agora o ano começa de fato. Começa tanto que temos depois de muito tempo um "Pra Comer", como nunca tivemos, com um gostinho de decepção.


Desde quando surgiram os primeiros boatos de que o Madero Burger&Grill, hamburgueria famosa no Sul, viria pra São Paulo, eu já queria ir. Abriu uma no shopping Vila Olímpia, mas como eu não vou muito pra lá, não rolava de ir. Daí abriu no Eldorado, mas como pra mim ir pra lá e não comer no América é de uma heresia infinita, não rolava também. Até que consegui ir na unidade que fica no Itaim, fora de shopping.

O lugar é uma graça, o ambiente é muito bom e o atendimento idem. Eles oferecem valet (r$15,00, o preço padrão) e não tem o que reclamar disso. Mas aí foi só ver o cardápio que os problemas começaram.

É muito difícil eu encrencar com preço de hambúrguer, não porque eu sou a rica e posso esbanjar dinheiro, mas porque não concordo em ser canguinha na hora de comer. Mas os preços do Madero são absurdos. E só oferecem um tipo de queijo, o cheddar, que na minha opinião é o mais enjoativo e salgado pra se colocar num lanche. Pelo menos as poucas batatinhas que acompanharam o lanche eram boas. Mas né, r$31 por um lanche meia boca, não.

Achei o hambúrguer muito comum, nada de excepcional e deixou muito a desejar. O preço não vale. Lembrando que eu pedi o New York Burger.

Na hora da sobremesa, outra surpresa desagradável: pedi o brigadeiro de panela por r$16,00, esperando que viesse quase uma panela de pressão cheia de brigadeiro. Acontece que veio uma caçarolinha pequena, com menos de 1/3 de brigadeiro. Definitivamente, não valeu a pena.

O Madero não é um lugar que eu penso em voltar tão cedo. Se for pra pagar tão caro em um lanche, que valha a pena, como o General Prime Burger (que em breve vai ter post aqui).

Eu não tirei fotos porque esqueci, rs.

Besocas!

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comentários sujeitos à aprovação.

Topo