31/08: Blog Day


Dia 31 de Agosto é o Blog Day (porque a data 3108 lembra a palavra BLOG, vejam vocês), e pra não passar em branco, resolvi postar alguma coisa.

Não vou indicar blogs pra vocês conhecerem porque sabe, os que eu indico tão aqui no canto direito, só descer a página que vão ver a lista. Então, vou fazer um resumo da minha vida no mundo dos blogs.
Comecei com essas coisas lá pra 2003, na época em que ter um blog no Blig era uma coisa obrigatória. Só que era um saco: só podia postar uma vez por dia e os layouts eram só aqueles ali e pronto, o que limitava bastante a coisa toda. Eu tive o maryincine, onde eu basicamente falava dos filmes que eu assistia.

Em 2005, eu criei o Lovelly Mary, no weblogger, um serviço de blogs do Terra que era mais amplo que o Blig. Dava pra personalizar o layout inteiro, dava pra postar mil vezes por dia, dava pra fazer o que quisesse. Mas o weblogger às vezes saía do ar, o que era bem chato. 
Foi nessa época que comecei a me interessar pro programação, e passava horas do meu dia escolhendo imagens pros meus layouts, e depois programando. Meu primeiro layout era um com fundo preto, uma foto da Gwen Stefani e um 'Lovelly Mary' jogado no canto. Era bem feio, mas eu achei maravilhoso.

Em 2006, eu criei o Extraordinary Love, que começou no zip.net e depois migrou pra php. Eu adorava atualizar esse blog, fiz várias amizades e tinha um número de acessos bem legal. Mas depois, por causa do colégio, eu acabei tendo que deixar ele de lado.

Em 2009, eu resolvi testar o blogspot. Fiz o bloody-marii e ia postando textos, fotos que eu tirava e assim seguia a vida. Deixei ele sem atualizar por muito tempo, até porque em 2010 eu criei o Tamoben, e me focava mais nele. Foi em 2011, 2012, que eu peguei mais firme (só que nem tanto) e postava algumas coisas bem aleatórias por aqui. 

Em 2013, eu resolvi seguir com um blog mais bem estruturado, atualizado e que tivesse posts bons. Registrei o bloodymarii.com e tô aqui até hoje, e vou ficar, enquanto tudo isso fizer sentido.

Não é tão fácil, já que em cada post que eu faço pra cá, me empenho bastante, dá um trabalho pra ficar do jeito que eu quero. Mas é algo que eu gosto bastante, eu divulgo meus pensamentos e de quebra, consigo divulgar o meu trabalho de web. 

Nesses anos todos de blogs, fiz várias amizades, e algumas mantenho até hoje. Esse é outro ponto bom dessa vida de ~blogueira~.

Se você tem vontade de começar um blog, eu dou a maior força. Mas, de verdade, escreva sobre o que você gosta. Não adianta ter conhecimento zero em moda e fazer um blog sobre esse assunto só porque é o que mais tem. Ter um diferencial é o que importa, e esse diferencial é ser você mesmo.

Besocas ;)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comentários sujeitos à aprovação.

Topo