Resenha TBBT: The Gorilla Dissolution [SPOILERS]


Já estamos enfrentando a final season de várias séries (a terceira temporada de 2 Broke Girls acabou semana passada, em breve faço resenha sobre ela aqui), e minha adorada The Big Bang Theory tá entrando nessa fase. Na quinta-feira, dia 8, foi ao ar o penúltimo episódio da sétima temporada, The Gorilla Dissolution.
AVISO DE SPOILERS. MUITOS SPOILERS. A MAIOR QUANTIDADE DE SPOILERS QUE VOCÊ IMAGINAR.
Vocês bem sabem que minha relação com TBBT vinha enfrentando fases de puro amor e puro ódio (ainda não comprei box da 4ª temporada de tanto que odeio), mas essa sétima temporada me fez amar e amar. Mesmo com tanta gente nova no elenco, ficou bem colocado, ninguém ficou perdido e tudo teve lógica.
Pois bem. Como sempre, meu problema é com a Penny. Eu nunca vou achar graça na personagem, nunca vou entender como ela ainda tem foco. Toda aquela coisa dela sair do Cheesecake Factory pra se dedicar mais à carreira de atriz (que a série mal explorou durante SETE temporadas), foi bem estranho e do nada. E o Leonard dando um CARRO pra ela? Qual o salário de um físico????? Tudo bem estranho. Daí chega o episódio 23 e taca uma bomba no nosso colo (bomba essa que a querida fan page oficial da série no facebook fez o favor de contar, MINUTOS DEPOIS do fim da exibição do episódio, pra costa oeste americana ^_^): Penny decide que é hora dela e Leonard se casarem. Assim, ela decidiu isso porque foi demitida do filme onde interpretava uma dançarina que virou gorila. Ela achou que aquilo era um ***sinal*** pra levar a vida adiante e se casar. Porque quem nunca? A MELHOR época pra se tomar uma decisão pra vida inteira é quando você é demitido. Se comprometer a longo prazo? Não, espera, você tem trabalho estável, espera ser demitido e RESOLVA A SUA VIDA. E foi o pedido de casamento mais constrangedor e babaca da história das séries. Até pedido de casamento do Mike&Molly (que eu nem assisto e ME RECUSO) deve ter sido mais emocionante. E Leonard que guardava um anel de noivado na carteira, durante anos??????????????????????????? Vamos checar a carteira do namorado, vai que tem surpresa lá, gente!!!!! Achei a coisa mais sem sentido, sem noção, sem emoção, sem coisa nenhuma que já vi (deu pra perceber o quanto eu detesto esse casal? ok.). 

Ainda falta um episódio pra fechar essa temporada, e eu costumava acreditar e confiar em Chuck Lorre. Mas depois de saber que ele ainda insiste em manter Two And A Half Men nas nossas TVs, aquela série que se destruiu e hoje faz a gente chorar de constrangimento ao assistir, eu tenho receios. Porque, pensem comigo: a grande GRAÇA desta série é Leonard e Sheldon dividirem a porcaria do apartamento. Com Leonard casando com a Penny, eles não vão todo mundo morar junto como a grande família, né? Isso seria mais sem nexo do que a quarta temporada, com Prya de namoradinha do Leonard. 

Eu acho que TBBT não aguenta mais várias temporadas. Renovaram esta série até a décima. DÉCIMA, PESSOAS, DÉCIMA. Friends teve dez temporadas, eu tenho certeza que mais algumas e ia desgastar. Imagina TBBT? Não tem história pra encher isso, não mesmo. Vão esperar o que? Penny ter um filho? Porque parece que só jogam as emoções dessa série pra cima do casal mais sem graça. Eu ainda torço muito pro Howard e Bernadette (AMO BERNADETTE) terem um bebê. Um dos pontos altos desse episódio pra mim foi justamente os dois cuidando da mãe dele, e pensando como seria se fossem pais. Aquele comecinho me lembrou MUITO Friends (pivot!!!!!!).

E aquela namorada estranha do Raj? Acho ela tão aleatória na série. Achava que ele ia ter alguma coisa com a veterinária que cuidou da Cinammon, tinha mais a ver com ele. E aquela história dela já conhecer o Howard, e como ela conhece, achei tão desnecessário. Podia ser diferente, mas foi só pra ~encher linguiça~.

E essa escassez de Amy??? Bota essa mulher pra trabalhar, meu Deus! Ela salva a série em vários momentos, e quando se junta com a Bernadette, é incrível.

Enfim, isso que eu achei do Gorilla Dissolution. Lembrando que opinião é igual...nariz: cada um tem o seu ;)

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comentários sujeitos à aprovação.

Topo