The Big Bang Theory ainda é uma boa série


Esse post foi escrito com base na minha opinião, de fã e expectadora da série. Não é nada profissional, nem afim de gerar publicidade. 



Eu lembro da primeira vez que assisti a um episódio de The Big Bang Theory. Foi num domingo de manhã, na Warner, e foi o The Cooper-Hofstadter Polarization. Não lembra qual é? Dica:


Eu achei muito engraçado e bem diferente, e me interessei o suficiente pra querer acompanhar. Mas é claro que minha preguiça não deixou, e eu só acompanhei mesmo um tempo depois. E acompanho até hoje.

A série já tá na 7ª temporada, e pra mim, passou por muitos altos e baixos. Em questões de criatividade, graça, história. Eu tenho um trauma pesado da 4ª temporada, não tenho o box dela na minha coleção. Foi nela que eu tive medo da minha série tão querida estar se perdendo. O QUE ERA AQUELE INFERNO DE PRYA? A Amarilys de TBBT, insuportável demais. Penny, que eu nunca vi a menor graça, conseguiu ser ainda mais sem graça e forçada. Alias, eu nunca achei a Kaley Cuoco uma boa atriz. Vide cenas da Penny bêbada, parece aquelas peças de escola, sabe? E ao invés de fazer a Penny ser a pessoa que destoa das outras do grupo, ela acaba ficando chata e cansativa. Demais.
O que é diferente com a Amy e com a Bernadette. Eu não gostava das duas quando começaram a aparecer mais (não lido bem com mudanças, ainda não aceito tão bem o fato de ter mais 2 protagonistas nessa série). A Bernadette me irritava muito e eu achava a Amy muito "ela PRECISA ser um Sheldon de saias". Mas acabaram achando espaço pras duas, e isso é mérito das atrizes. Bernie nervosinha é ótimo, e a Amy descobrindo a si mesma é muito engraçado. Ela encantada com o Zack rendeu ótimos momentos pra série, assim como a felicidade em cada conquista desbloqueada (festa do pijama, madrinha de casamento).

Eu achei que Bernadette e Howard fossem ficar chatos depois do casamento, mas me enganei. E quando colocam o Raj nas situações, fica ainda melhor. Gostei muito dele ganhando mais espaço na série, porque merece. É um personagem que pode - e deve - ser muito bem aproveitado. E não posso esquecer de Amy e Howard se conhecendo melhor, e descobrindo que tem em comum a paixão por Neil Diamond.

Leonard parece que não foi criado pra ter graça, mas sim pra ser uma base pra qualquer outra piada. Mais, pra ser a parte normal do grupo onde um tinha manias estranhas, o outro era extremamente dependente da mãe e era um pervertido, e o outro que não conseguia falar com mulheres. Não acho que ele mudou ao longo das temporadas, e nem acho que deveria. Penny continua chata, sempre vai ser chata, eu não gosto dela. Pra não acharem que implico com personagens femininas: eu sinto muita falta da Leslie Winkle.

Sheldon é um dos personagens mais geniais da TV. Não tem o que falar dele, é simplesmente incrível. As caras que ele faz, a ingenuidade, a falta de modéstia, os conflitos próprios. Não sei quem é mais genial: quem criou o personagem, ou quem o interpreta.

Depois de alguns episódios fracos (fraquíssimos) e umas referências descaradas a outras séries Friends, TBBT se firmou como uma série maravilhosa. Fico feliz em ver o rumo que a série tá tomando, mas também fico meio tensa. Até quando esse sucesso dura? Não sei se aguenta 10 temporadas, como Friends. True Blood acaba ano que vem, em sua 7ª temporada, e tem quem ache que durou até demais. Eu sei é que vou sentir saudades, adoro essa série. Mas voltando a TBBT: será que na 8ª temporada, já não vamos mais achar tanta graça? É um risco.


OrangotagTwitter - Facebook - Instagram - Ask.fm

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comentários sujeitos à aprovação.

Topo