Festa dá trabalho

Oito dias pro meu aniversário, nove dias pra minha comemoração. Na verdade só me liguei na terça que faltava tão pouco, depois de o Dri falar "e semana que vem é seu aniversário". A vida anda tão corrida que eu tava esquecendo do meu aniversário.



Mas enfim. Ano passado eu tive a maior crise de idade, não queria aceitar de jeito nenhum que tava entrando de vez por 2 + algum número. Acho que foi a primeira vez que surtei mesmo percebendo como o tempo tá passando. Não queria muito fazer festa, mas acabei fazendo. Só que esse ano eu tô bem feliz de completar 22, e acho que merece festa, e eu sou dessas que adoram um tema.

Como meu aniversário é bem próximo do Halloween, já fiz duas vezes festa nesse tema. A primeira foi quando completei 13 anos, fiz todo mundo ir de preto e chapéu de bruxa, foi bem legal. A segunda, foi no aniversário de 18, e fiz igual às festas americanas de Halloween: fantasias livres. Tenho até hoje minha fantasia de Branca de Neve e as lembranças daquela festa tão bonitinha x)

Esse ano, depois de muito pensar, depois de o coração balançar pelos itens de decoração de festas dos Angry Birds, decidi meu tema e tô montando tudo em torno disso.
Ontem fui comprar algumas coisas e, caracoles, como dá trabalho. É gostoso ficar escolhendo e etc, mas dá trabalho sim! E ainda não consegui comprar tudo, porque o querido Armarinhos Fernando daqui de Guarulhos tava sem talheres, sem guardanapos e sem velas. Na verdade, só tinha umas velas "tô no enta".
A desculpa da menina do caixa era de que eles estavam repondo os produtos depois do dia das crianças, que foi loucura lá.

Ainda faltam alguns (muitos, 90% eu diria) de itens pra decoração, e como eu detesto bexigas, tenho que explorar minha criatividade e encontrar outros jeitos de decorar. Tipo arranjo de mesa: cismei que quero fazer alguma coisa com bolas de isopor. Mas eu não sei o que fazer com essas bolas de isopor, e ainda não consegui comprar essas bolas. Tô caçando pela internet algumas dicas, mas ainda não tá rolando.

Também tem o bolo, que dessa vez eu quis ousar e pedir de um jeito mais diferente. E tem os brigadeiros de colher que eu cismei que eu quem quero fazer. E tem a mesa de doces (em TODOS os meus aniversários sempre teve mesa de doces, sempre vai ter, até no meu casamento eu vou querer uma).

Mas tô otimista, vou conseguir dar conta de tudo. Torçam por mim! 

Tô em dúvida entre duas coisas pra me dar de aniversário. Não posso nem pensar "quando tiver mais tranquila eu compro" porque meu final de ano é bem corrido financeiramente. Outubro é meu aniversário, Novembro é aniversário do Dri e nosso aniversário de namoro, Dezembro tem aniversário da minha mãe e o Natal. Só fico tranquila lá pra Janeiro, Fevereiro (daí vem o Carnaval e dá aquela inquietação pra ir viajar).

Mas é isso. Depois que a festa acontecer eu posto umas fotos aqui.

Obs.: minha festa não vai ser do Angry Birds, pensei num tema melhor

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comentários sujeitos à aprovação.

Topo