Medos

Alguém (não me façam ir procurar porque a preguiça aqui impera) um dia disse que o medo é essencial pra nossa vida, e ele é mesmo. É essa sensação de medo que te impede de pular de um penhasco, ou botar o dedo na tomada: você tem medo de se machucar, ou de morrer.


Eu sou uma pessoa cheia de medos, mas das coisas mais imbecis possíveis. Baratas? Não vejo problema, mato tranquilamente. Ratos? Acho uns fofos. Facas? Não me dão medo. Armas? Já quis fazer aulas de tiro pra proteção própria, mas com meu histórico de busca no Google por 'serial killers da história' e meu acervo bibliográfico sobre o assunto, o governo ia pensar que eu sou uma spree killer em potencial, então, deixa pra lá. Taí um medo: do governo me achar de alta periculosidade. Mas continuando a ler esse post, vão ver que eu sou bem tranquila.


Bexigas

Ai, bexigas são lindas né? Pra mim, são o demônio. Odeio o cheiro, a textura, o barulho que elas fazem e não vejo a menor utilidade pra essa porcaria. Sabem o bexigão das festas infantis? Nem sei se ainda fazem isso, mas eu nunca fiquei embaixo de um, então nunca pegava as surpresinhas, tamanho era meu medo. Até hoje, eu vejo uma dessas, eu tremo, me dá calafrios e mal consigo olhar. Me coloca perto de um urso com fome, mas não me coloca perto de um cachorro feito com bexigas.

Borboletas


Eu nunca entendi porque todo mundo adora esse bicho nojento. Não acho borboletas bonitas e tenho muita agonia dessas asinhas delas. Sempre que vejo uma, saio correndo, porque nem coragem de matar uma dessas eu tenho. Dizem que as asas delas soltam pózinhos, né? Sei lá, jamais saberei, nem se soltasse Alexander Skarsgard por aí eu ficava perto desses bichos. O mesmo vale pra mariposas.


Ventilador de teto

Eu queria saber quem foi o gênio que teve a brilhante ideia de botar um ventilador no teto. Coisa mais imbecil possível, consegue ser mais imbecil que meu medo deles. Na minha escola, todas as salas tinham um desse, e como eu sou eu, sempre calhava de eu ter que sentar embaixo dessa coisa. Deve ser por isso que eu odeio o calor. Calor me lembra ventilador de teto. E pra completar, tem um na sala de casa, e cada vez que ligam, eu vejo o filme da minha vida passar diante de meus olhos. Em Premonição 4, uma das mortes é quase causada por um desses.

Portão automático

Teve algum filme com uma cena bem tensa num portão desses que desencadeou em mim esse medo, mas eu não lembro qual. Tenho medo desse negócio me esmagar e, recentemente, tenho medo de quando ele fica aberto "lá em cima", daquilo cair em cima de mim. Eu sou pequena, nunca que saio viva desse trauma. Do lado de onde eu trabalho, tem um desse, aberto sempre, e eu corro risco de atropelamento andando na rua pra não ter que passar pela calçada e embaixo dessa coisa.




Obviamente, eu devo ter mais medos, mas esses são os que mais me amedrontam.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comentários sujeitos à aprovação.

Topo