Recordações e sua importância ❤


Todo momento marcante das nossas vidas precisa ser lembrado, e pra isso, existem as recordações. Fotos, bilhetinhos, um guardanapo do restaurante onde você comemora algo...são muitas opções, e todas elas são importantíssimas. Daqui há alguns anos, você olha pra cada uma delas, e aqueles momentos marcantes voltam à sua mente, e vem aquele calorzinho no coração.


Fotos, nem sempre publicáveis
Uma das formas mais comuns de se guardar uma recordação, é através de fotos. Sabe aquela tia que, em toda festa de família leva a câmera e tira foto até da mesa? Então, não a julgue. Ela está guardando recordações, pode ser algo que você ache bem inútil, mas é uma recordação. Esses dias li um texto que fala que só tiramos fotos montadas, nunca de nossa rotina, nunca do que realmente somos. Sabe, você só tira foto quando tá arrumada, cabelo impecável, maquiada, provavelmente com uma paisagem ao fundo. Mas seus dias não são sempre assim. Você prende o cabelo de qualquer jeito pra assistir filme, usa roupas largas pra ficar confortável em casa. Isso é você. E num namoro então, são esses momentos 'só de vocês' que são os mais especiais. As fotos não precisam ser aquelas publicáveis de fazer inveja e que vai ganhar altas curtidas no Facebook, mas precisam ser aquelas que lembrem de um momento bom, de uma rotina que vocês gostam. Quem não gosta de assistir filme com momô debaixo das cobertas? É uma rotina gostosa, é parte da vida de vocês.

Souvenires de lugares que vocês visitam
O primeiro aniversário de namoro meu e do Dri, comemoramos num Outback (engraçado que nenhum dos dois vê graça em Outback, mas fomos), e eu levei um guardanapo (limpo obviamente) pra guardar de recordação. Ano passado, fomos ao América, e eu ousei mais e levei um descansa copos que eu acabei não guardando, uso direto e etc, mas levei de recordação. Tenho todos os ingressos de cinema, shows, stand ups, exposições que fomos, e uma embalagem de Halls de melancia, que foi o primeiro presente que ele me deu, no meu aniversário de 19 anos, quando a gente ainda era amiguinhos. Nesse mesmo dia, fomos à um show, e lá davam bexigas pra gente encher. Só que eu tenho pânico de bexigas, ele não sabia, me deu a bexiga. Eu guardei, e tá até hoje na caixinha onde tem nossas coisas. Toda vez que vejo essas coisinhas, me lembro como se tudo tivesse acontecido há pouquíssimo tempo.
Gente, pelamordeDeus, não ROUBEM coisas! Se não tem guardanapo, descansa copos ou algo descartável, não vá me roubar um prato, copo ou sei lá. Se vão num parque, pega uma folha, que seja, MAS NÃO ROUBEM!!!!!!!

Recordações fazem muito bem, e eu recomendo guardar até as conchinha de praia que vocês visitaram juntos. Agora vamos à uma história puro amor de recordação?
Dri me pediu em namoro na frente de um carrossel, e desde então, eu procurava um desses carroseisinhos que tocam música e giram. Há pouco tempo atrás, eu comentei com ele sobre isso, que eu queria porque me lembrava sempre do dia em que ele me pediu em namoro, de tudo o que eu senti no dia e sinto até hoje. Eis que ontem eu ganhei o meu ❤ ❤ ❤ é lindinho, é puro amor, é uma recordação 'nossa'.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comentários sujeitos à aprovação.

Topo