Pra conhecer: Psicopatas



Psicopatia
 é um transtorno de personalidade, um desvio de caráter. O esteriótipo de um psicopata é aquele cara quieto, que não faz amigos e não sabe conversar no cotidiano, mas a realidade é diferente. Obviamente, há um número de psicopatas com tais características, mas pasmem: muitos são encantadores. Para conseguir alcançar seus objetivos, eles são charmosos, amigáveis e irresistíveis. Só demonstram crueldade e a frieza depois da vítima "cair" na deles. E existem sintomas, e que podem ser notados nos primeiros anos de vida. Eles sofrem de ausência de sentimentos, tem emoções artificiais, mentem, seduzem e são egocêntricos, ou seja: pra atingir seus objetivos, o psicopata finge ser a pessoa mais perfeita do mundo.




Eu sempre gostei de entender como a mente humana funciona, porque cada um é do jeito que é e essas coisas. Desde pequena, assisto filmes de suspense, terror e até mesmo de horror, e sempre soube que muitos deles eram inspirados em histórias reais. Eu também sempre quis entender o que levava alguém a cometer um crime, como uma pessoa pode matar outra e agir como se nada tivesse acontecido. Foi quando eu me interessei por histórias de psicopatas.

Quando eu tinha uns 16 anos, ganhei meu primeiro livro sobre o assunto, o brasileiro "Serial Killer - Louco ou Cruel?" da Ilana Casoy. O livro conta a história de vários serial killers, em sua maioria psicopatas. Todas as histórias são cruéis, de embrulhar o estômago e de fazer você ter nojo de pertencer à raça humana, mas cada uma delas tem suas diferenças, mesmo que pequenas. Na lista, ainda constam Ed Gein e Albert Fish, que "serviram de inspiração" para a criação do personagem Hannibal Lecter. Eu indico o livro pra quem tem interesse no assunto, mas não indico pra quem tem estômago fraco e depois pode sonhar com as cenas detalhadas à noite (ter pesadelos, na verdade). Na ficção, existem muitas histórias (a maioria baseada em fatos reais) sobre essas pessoas, e na TV, temos como representante o Dexter, que é um tipo meio diferente de serial killer. Pega na mão da tia que eu vou listar filmes que eu indico pra vocês:

O Silêncio dos Inocentes
Hannibal Lecter é um psicopata extremamente inteligente, e canibal. É um dos personagens mais incríveis da ficção, mesmo sendo tão cruel. Uma dica? Não assista enquanto você come.

O Psicopata Americano
Patrick Bateman é perfeito: lindo, inteligente, rico e bem sucedido na carreira. Mas também é vaidoso, coisa que motiva seus crimes. É o psicopata sedutor e acima de qualquer suspeita.

Helter Skelter
Praticamente uma cinebiografia do Charles Manson, que você provavelmente já ouviu falar. Se não, um a breve introdução: ele liderava uma seita na Califórnia, onde era tratado como um Deus. Ordenava mortes e também ordenou o massacre na casa do diretor Roman Polanski, que acabou matando quatro amigos dele e sua esposa. Ela estava grávida. De oito meses. É um psicopata frustrado, já que tentou uma carreira como astro do rock e não conseguiu.

Precisamos Falar Sobre Kevin
É o relato dos pais de Kevin, um psicopata adolescente que liderou um massacre em sua escola. Desde os primeiros anos dele, seus pais notaram algo de diferente em seu comportamento. É quase que um alerta para possíveis sintomas da psicopatia.

Esse é um assunto muito amplo e que eu adoro discutir, mas tive que apagar muita coisa do post original, se não ficaria imenso. Mais pra frente faço outro post sobre, com outras informações.
Entendam: o fato d'eu gostar do assunto não me faz psicopata, nem propensa à cometer qualquer crime. Tenho pavor de tudo isso e não passo insensível às cenas detalhadas de cada assassinato.

Nenhum comentário :

Postar um comentário

Comentários sujeitos à aprovação.

Topo